Sacos de caixa pagos

Estimados clientes,

Após a transposição das diretivas europeias 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852, foi estabelecido no decreto-lei nº 102-D/2020 que, entre outras medidas, é proibido oferecer sacos de caixas, sejam eles de qualquer tipo, como definido no número 4 do Artigo 25 do decreto-lei mencionado. A citar:

“4 – Sem prejuízo do disposto no número anterior e com o objetivo de evitar a colocação no mercado de embalagens supérfluas, é proibida a disponibilização gratuita de sacos de caixa, isto é, sacos com ou sem pega, incluindo bolsas e cartuchos, feitos de qualquer material, que são destinados a enchimento no ponto de venda para acondicionamento ou transporte de produtos para ou pelo consumidor, com exceção dos que se destinam a enchimento no ponto de venda de produtos a granel.”

Como tal, a partir do passado dia 1 de Julho, somos obrigados a cobrar o valor de qualquer saco, exceto os sacos de venda de produtos a granel, o que no nosso caso se resume aos sacos com azeitonas, pão e batatas.

Incentiva-se assim a reutilização de sacos e redução de desperdício.

Agradecemos a compreensão,